Passar para o Conteúdo Principal

brasao cm chaves

pesquisar
 

Euro região face à crise COVID-19 e encerramento de fronteiras

Foto 1 1024 2500
03 Março 2021

A Eurocidade Chaves-Verín, AECT, esteve presente esta manhã numa reunião organizada pelo AECT da Euro região Galiza-Norte de Portugal (GNP – AECT) com o objetivo de debater a situação da fronteira entre a Galiza e o Norte de Portugal face ao Covid-19. O encontro pretendia ouvir as necessidades do AECT Chaves-Verín sobre os problemas que a pandemia está a causar no território da Eurocidade.

Teve como objetivo dar a conhecer o estado atual gerado pela pandemia e a resposta às populações fronteiriças, identificar os problemas e propor soluções, assim como projetos a desenvolver de forma conjunta, financiados através do Instrumento de Recuperação Financeira (REACT) no âmbito do Plano de Promoção da Cooperação de Proximidade na Fronteira Galiza-Norte de Portugal e pelo próximo Interreg V-POCTEP no âmbito do período de programação Europeu 21-27.

O Presidente do AECT Chaves-Verín, Nuno Vaz, destacou a necessidade de reafirmação das áreas de fronteira no contexto europeu, a aposta por projetos estruturantes para o território da Eurocidade, nomeadamente no âmbito da saúde, requalificação ambiental do Rio Tâmega, fixação da população e o desenvolvimento econômico e social desta região transfronteiriça.

Estiveram presentes Alfonso Rueda, Primeiro Vice-Presidente e Conselheiro da Presidência, Justiça e Turismo, Jesús Gamallo, Diretor Geral de Relações Exteriores e União Europeia, ambos da Xunta da Galiza. Pela parte da CCDR-N, estiveram António M. Cunha, Presidente da CCDR-N e Beraldino Pinto, Vice-Presidente da CCDR-N. Da Eurocidade Chaves-Verín, AECT, estiveram o Presidente e o Secretário, Nuno Vaz e Diego Lorenzo, respetivamente, Pablo Rivera, Diretor Executivo e José Sousa, Coordenador de Projetos Europeus.