Passar para o Conteúdo Principal

Logótipo CM Chaves

pesquisar
 

“Chaves - 2000 anos de História para contar” resgata identidade flaviense

18 Maio 2024

A partir de ontem, os flavienses poderão viajar no tempo na visita à exposição “Chaves - 2000 anos de História para contar”, um momento único de compreensão cultural das raízes identitárias de Chaves e dos flavienses.

A inauguração da exibição decorreu ao final da tarde de ontem e permitiu, aos primeiros visitantes, explorar o legado histórico da cidade, através de um conjunto de mais de 60 peças arqueológicas e arquitetónicas, muitas delas nunca vistas em momentos expositivos, que serviram de inspiração na conceção da nova marca identitária: Chaves Município.

Esta sessão, a cargo dos técnicos de arqueologia da autarquia, proporcionou aos presentes uma aprendizagem sobre a iconografia e simbologia existente nos artefactos, espelhada na recente logomarca.

O Arquivo Municipal, localizado no Centro Histórico da cidade, foi escolhido para acolher esta mostra pela existência de um arqueossítio, que coloca em evidência mais de dois mil anos de história. Com esta iniciativa a autarquia não quis deixar de se associar à celebração do Dia Internacional dos Museus, através da dinamização desta exposição temporária.

Para o Presidente da Câmara Municipal, Nuno Vaz, esta exposição “trata-se de uma apresentação das peças que deram origem à nova marca identitária do concelho de Chaves, consubstanciada nos diversos elementos relacionados com os vestígios arqueológicos que conferem a relevância que esta localidade teve nos vários povos que por aqui passaram e que, continuarão a deixar as suas marcas indeléveis na perpetuação da afirmação da nossa história”.

O autarca destacou “a importância da rede museológica revestida de uma carga axiológica que nos deve tornar cada vez mais conscientes de um legado que só nos pode deixar orgulhosos”. Aproveitou ainda a ocasião para convidar todos os flavienses a “visitarem este espaço municipal, desconhecido para a maioria da população, no qual é possível fazer uma viagem cronológica intemporal, num circuito orientado, que coloca em evidência o acervo riquíssimo que integra este equipamento”

Este espólio vem assim valorizar o espaço já existente, com recurso a elementos interativos - como modelos tridimensionais de algumas peças - num ecrã táctil, de forma a que os visitantes interajam com os objetos de forma virtual, bem como algumas peças desenhadas em 3D para que os visitantes possam usufruir de uma experiência sensorial.

A exposição, patente até ao final do ano de 2024, tem entrada gratuita, de segunda a sexta-feira, das 9 às 13 horas e das 14 até às 17 horas, sendo que as visitas guiadas ao espaço carecem de marcação prévia, através do email comunicacao@chaves.pt, ou presencialmente no local da exposição.

2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22