Passar para o Conteúdo Principal

brasao cm chaves

pesquisar
 

“Lenda de São Martinho” dá vida a evento cultural romano na freguesia da Madalena

Img 6754  medium  1 1024 2500
14 Novembro 2019

Projeto vencedor do Orçamento Participativo de Chaves 2018 proporciona 3 dias de animação em evento que pretende ser uma referência cultural

Dinamizar o núcleo histórico da Madalena com um evento marcante e de grande dimensão foi o objetivo da recriação histórica da Lenda de São Martinho, realizado no passado fim de semana. Durante três dias a “Lenda de São Martinho, recriação de evento cultural romano”, ganhou vida através da execução da proposta vencedora do Orçamento Participativo (OP) de Chaves 2018, da Componente Promoção e Dinamização - Projetos de Âmbito Cultural e Desportivo.

Este evento apresentou-se com um cartaz cultural diversificado assente na recriação da “Lenda de São Martinho” que permitiu um regresso à época romana para festejar de forma tradicional esta festividade, que contou ainda com uma feira de produtos regionais, na qual estiveram presentes 25 stands.

A promoção de um roteiro gastronómico esteve a cargo de 15 “Tascas” e restaurantes aderentes, que apresentaram variados pratos regionais e petiscos, sendo a atração principal a realização de 6 magustos, com oferta de castanhas e jeropiga a todos os visitantes. Nem o mau tempo conseguiu cancelar a animação de rua que encheu de alegria e boa disposição todos aqueles que participaram nesta festa que contou com Estátuas Humanas, Trupe Cómica, Lutas de Varapaus e Espadas, Malabarismos, Música, Espetáculos de fogo e Arruadas.

Apesar da chuva persistente o palco tenda permitiu a realização do concerto pelo Grupo “7 Saias” e os espetáculos dinamizados pelos Grupos de Danças e Cantares Regionais. A encenação da Lenda de São Martinho subiu ao palco pelo Teatro Experimental Flaviense, uma peça que agradou pela sua irreverência.

Para o proponente desta atividade, que é também Presidente da Junta de Freguesia, João Pinto, “o importante é continuar a dar vida à margem esquerda do rio Tâmega, sendo esta iniciativa mais uma forma de cumprir esse propósito”. Para além deste evento, destacam-se o “Mercado da Madalena”, realizado nos segundos e quartos sábados de cada mês, as verbenas no Jardim Público, uma reativação daquilo que acontecia nas décadas de 80 e 90, e o Passeio das Merendeiras”.

Presente neste evento encontro, o Vice-Presidente da autarquia, Francisco Melo, elogiou a proposta vencedora que, na sua opinião, tem a sua génese nas tradições mais ancestrais dos flavienses.
“É com alegria que o Município concretiza uma atividade eleita pelos flavienses no Orçamento Participativo de 2018. Significa que este evento cultural faz falta e pode ter continuidade no plano cultural desta freguesia. Celebrar tradições e mostrarmos este apreço por elas é sinal de forte identidade e de respeito pela cultura popular”, sublinhou.

Este evento teve organização conjunta da Junta de Freguesia da Madalena e Samaiões e da Câmara Municipal de Chaves.

dsc_1803__medium_
dsc_1875__medium_
dsc_1879__medium_
dsc_1898__medium_
dsc_1934__medium_
img_6607__medium_
img_6615__medium_
img_6631__medium_
img_6680__medium_
img_6795
img_6830__medium_
img_6838__medium_