Passar para o Conteúdo Principal

brasao cm chaves

pesquisar
 

Política de proximidade do Executivo municipal permitiu aumento do investimento e do dinamismo do concelho

1  medium  1 1024 2500
30 Outubro 2019

A meio do mandato executivo flaviense faz balanço do trabalho realizado e lança as bases dos próximos dois anos de mandato

No dia em que se assinalaram precisamente dois anos do início do mandato autárquico, o Presidente da Câmara Municipal de Chaves e Vereadores visitaram diversos pontos do concelho para, em jeito de balanço do trabalho realizado nas diversas áreas de intervenção municipal, perspetivar os dois futuros anos, prosseguindo a estratégia de implementação das opções políticas definidas no programa autárquico.

Durante todo o dia, houve oportunidade de visitar os novos empreendedores do concelho, nomeadamente a empresa Metalome, fabricante multinacional de componentes metalúrgicos, a empresa Sistemas Delfim, fabricante de alumínios, com sede em Espanha, e a Mallat, produtora de urnas funerárias, que já se encontra em atividade desde o início do ano e que pretende expandir a sua produção em Chaves. Na área do investimento e criação de emprego, entre finais de 2017 e 2019 foram já concretizados mais de 150 postos de trabalho, num investimento global de mais de 17 milhões de euros, que traduz um forte impacto na economia local.

Em paralelo, entre 23 de outubro de 2017 e 2019 foram realizadas diversas intervenções de requalificação de equipamento, arruamentos e espaços públicos, sem paralelo, regenerando artérias e espaços simbólicos do concelho e da cidade, num investimento que superou os 5 milhões e meio de euros.

Na área da educação e capacitação, destaca-se o reforço da oferta do Ensino Superior em Chaves, com a concretização da transmissão da Escola Superior de Enfermagem à Cruz Vermelha Portuguesa, a instalação do Instituto Politécnico de Bragança num edifício no centro histórico da cidade e a criação do Centro Internacional de Ensino e Investigação Fernão de Magalhães, que contribuíram decisivamente para o incremento de oferta educativa e do número de estudantes, contando já, neste ano letivo, com cerca de meio milhar de alunos. Neste âmbito, houve ainda oportunidade para visitar a obra de Requalificação e Modernização das instalações da Escola Fernão Magalhães, intervenção orçada em 498.875,00 €, e a abertura da Creche/Berçário de Vidago que permite o acesso a uma oferta educativa específica a 21 crianças da zona sul do concelho.

Na área dos serviços descentralizados do Estado destaca-se a abertura, em Chaves, do Núcleo Sub-Regional do Alto Tâmega e Terras de Trás-os-Montes da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais, que tem como missão a coordenação de todo o Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais, na dupla dimensão da prevenção e do combate.

O périplo terminou com uma visita à Sociedade Agropecuária Pintor & Carneiro, Lda, dinamizador do setor pecuário no concelho, onde foi possível perceber a relevância do impacto da medida de apoio à produção pecuária implementada por este executivo.

img_5638__medium_
img_5685__medium_
img_5701__medium_
img_5776__medium_
mallat__medium_
img_5785__medium_
img_5821__medium_
img_5841__medium_
img_5863__medium_
img_5945__medium_
2__medium_