Passar para o Conteúdo Principal

brasao cm chaves

pesquisar
 

Autarquia dinamiza Mercado Local de Produtores com obras de requalificação e iniciativas amigas do ambiente

Img 4087 1 1024 2500
08 Agosto 2019

Arrancou ontem, no Mercado Local de Produtores, a iniciativa “Mercado Mais verde”, uma ação “amiga” do ambiente, que visa evitar o desperdício de alimentos, mas também os impactos nefastos sobre o meio ambiente.

Além de uma abordagem sobre as práticas quotidianas de gestão do Mercado Municipal, com vista à redução dos impactes ambientais relacionados com esta atividade - nomeadamente com as emissões de carbono, redução de utilização de embalagens de plástico, de desperdícios alimentares, de resíduos, do consumo de energia e de papel - a iniciativa tem também um cariz social. Será criado um “Cabaz Social”, com o encaminhamento dos produtos hortícolas sobrantes, aptos para consumo, para instituições de solidariedade social, evitando assim o desperdício alimentar.

Serão ainda promovidas ações de sensibilização e educação ambiental e de promoção dos produtos locais, destinadas a clientes, mas também aos 180 produtores que semanalmente ali comercializam os seus produtos, bem como distribuídos sacos reutilizáveis, produzidos a partir de materiais sustentáveis e recicláveis, para distribuição aos clientes habituais. Também está previsto o reaproveitamento de resíduos dos produtos hortofrutícolas e restante material orgânico para compostagem.

Para assinalar o arranque das iniciativas, o Presidente da Câmara e demais elementos do executivo municipal estiveram no local, numa ação de sensibilização junto dos produtores e clientes. “Queremos que haja uma maior proximidade entre os produtores e os consumidores, numa relação de maior confiança, apoiada em pilares de sustentabilidade ambiental”, salientou Nuno Vaz, ao mesmo tempo que destaca a importância de “consciencializar os produtores acerca dos produtos distintivos que comercializam”, num equipamento que reúne agora melhores condições, bem como o “cariz social da iniciativa, com o encaminhamento dos produtos sobrantes para as IPSS do concelho”.

Orçada em perto de 50 mil euros, com uma taxa de cofinanciamento a 90%, a iniciativa integra o plano de dinamização do Mercado Local de Produtores, no âmbito de uma candidatura ao “Fundo Ambiental”.

Obras de requalificação do Mercado dotam o local de mais conforto e segurança

Simultaneamente, o Município realizou obras de requalificação do espaço, que ficam concluídas esta semana, e que vêm dotar o local de uma maior autonomia, maior conforto e segurança, potenciando a sua utilização de forma menos descontinuada e conferindo-lhe maior atratividade. Uma empreitada orçada em perto de 156 mil euros, com uma taxa de cofinanciamento de 50%.

Esta ação pretende contribuir para a geração de um quadro de desenvolvimento sustentável, que associa tradição e inovação, num espaço vocacionado para a venda direta das produções locais ao consumidor, numa perspetiva que conjugue fidelização e satisfação dos consumidores.

A candidatura à Medida 10 do LEADER, no âmbito da Operação 10.2.1.4, “Cadeias curtas e mercados locais”, que o Município viu aprovada, permitiu dotar este espaço de instalações sanitárias independentes, gradeamento e cobertura integral, bem como o reforço da imagem e meios informativos.

image title
image title
image title
image title
image title
image title
image title