Passar para o Conteúdo Principal

brasao cm chaves

pesquisar
 

Primeiro referendo local em Chaves determinou Ponte Romana sem trânsito

Img 20200913 213725 1 1024 2500
14 Setembro 2020

Flavienses decidiram em referendo que a ponte romana de Trajano, classificada como monumento nacional e fechada ao trânsito desde 2008, deve manter-se pedonal

O primeiro referendo local, realizado em Chaves no domingo, deu voz aos flavienses que se manifestaram contra a reabertura ao trânsito automóvel da ponte romana, na resposta à pergunta “Concorda com a reabertura da ponte romana de Chaves ao trânsito de veículos automóveis ligeiros, num único sentido?”.

Com esta iniciativa, o município pretendeu envolver os munícipes numa participação cívica ativa na gestão autárquica, promovendo uma maior representação e participação no plano político, fortalecendo a qualidade da democracia neste concelho.

Para o autarca, Nuno Vaz, o referendo realizado permitiu corrigir “um erro democrático que data de 2008” e sanar em definitivo "uma questão que vinha sendo sucessivamente colocada em discussão em cada eleição autárquica”. Referiu ainda que “os cidadãos decidiram aquilo que queriam para o ícone mais relevante do nosso edificado patrimonial, a Ponte de Trajano."

O “NÃO” venceu em todas as 39 freguesias do concelho, com 4.440 votos (85,37%), contando o 'SIM' com um total de 769 votos (14,79%). Registaram-se ainda 14 votos brancos (0,27%) e 35 votos nulos (0,67%), com a abstenção a fixar-se nos 87,93%.

Este ato eleitoral foi o primeiro a ocorrer durante a pandemia de Covid-19, o que motivou a implementação de medidas de prevenção, estipuladas em consonância com as diretrizes da DGS, constituindo-se como um teste à realização das próximas eleições que previsivelmente decorrerão em período de contexto pandémico.

imagem_sabores_e_saberwes_2012_