Passar para o Conteúdo Principal

brasao cm chaves

pesquisar
 

Revista nº7 do Fórum Galaico Transmontano apresentada em parceria com a Eurocidade Chaves-Verin

Img 8759 1 1024 2500
10 Fevereiro 2020

Primeira apresentação pública da Revista na qual se destacam as Relações Culturais entre Portugal e Galiza no Séc. XX

O Fórum Galaico Transmontano apresentou, na passada sexta-feira, na Biblioteca Municipal de Chaves, a edição Nº7 da sua Revista bilingue e multidisciplinar, que integra autores galegos e portugueses, com um leque de artigos dos diversos ramos do saber.

O Vice-Presidente da autarquia, Francisco Melo, presidiu à sessão, manifestando a importância do apoio do Município a apresentações literárias históricas e culturais, temáticas que muito enriquecem o património do concelho. O trabalho desenvolvido pelo Fórum, os seus associados e autores foi reconhecido pelo mérito da construção de “uma revista histórica e de uma enorme relevância cultural para o território” e que pela primeira vez deixou de ser restrita a associados e passou a ser apresentada ao público em geral.

Para o Presidente da Direção do Fórum, Luís de Carvalho, “a atividade cultural das associações depende do empenho dos seus associados, bem como do apoio das instituições públicas”, dando assim um especial agradecimento a todos os envolvidos, prontificando-se em continuar a trabalhar para a divulgação e elevação da cultura do Alto Tâmega, Barroso e Galiza.

Esta obra foi apresentada por Jorge Alves Ferreira, Diretor da Revista, que no seu discurso destacou a importância da história e dos trabalhos publicados para ajudar a construir e reconstruir “a nossa identidade” inserida num contexto regional específico.

A sessão contou também com a presença de Pablo Rivera, Diretor Executivo da Eurocidade, congratulou o trabalho dos autores da revista e a sua equipa, demonstrando assim a importância do trabalho conjunto luso-galego.

A presente edição, para além do tema das Relações Culturais entre Portugal e Galiza no Séc. XX, inclui artigos temáticos como a figura incontornável da monarquia portuguesa, D. Afonso Henriques “O Conquistador”, a emigração para o Brasil, com o caso de Póvoa de Agrações, o Envelhecimento Ativo, com espaço ainda para alguns poemas.

img_8781
img_8774
img_8792
img_8804