Passar para o Conteúdo Principal

logotipo

pesquisar
 

Artesanato

Os barros, os cestos e as mantas

A 6 km de Chaves situa-se Vilar de Nantes, conhecida pelos seus utensílios em barro. Panelas de barro, cafeteiras, vasos, púcaros e talhas são alguns dos utensílios feitos pelos oleiros de Nantes, que durante muito tempo viveram com os rendimentos que daí provinham.

A matéria-prima era recolhida no subsolo desta zona da Veiga, geralmente, durante o Verão, para depois ser deixado ao ar livre a secar.

Era amassado e uniformizado e depois moldado com as mãos e a ajuda de um artesanal giratório, dando forma ao objecto pretendido. Nessa altura era posto a secar ao sol e depois levado a cozer num forno a lenha, mas que chegava a atingir os 700º graus centígrados.

Embora a matéria-prima tivesse uma cor clara, os oleiros na altura de cozer utilizavam umas giestas verdes, que ao arder faziam muito fumo e davam uma cor mais escura ao barro.

Os cestos, também, de Vilar de Nantes e as mantas de Soutelo são outras peças importantes do artesanato produzidas pelas mãos desta gente flaviense.