Passar para o Conteúdo Principal

logotipo

pesquisar
 

Autarquia apresenta e esclarece projeto de requalificação do Largo do Terreiro de Cavalaria

Bacalhau1 1 1024 2500
31 Março 2017

O Município promoveu dia 29 de março uma sessão de apresentação pública da obra de requalificação e remodelação do Largo do Terreiro de Cavalaria (Jardim do Bacalhau) em Chaves. A iniciativa teve lugar na sala multiusos da Biblioteca Municipal, que foi pequena para acolher as cerca de 150 pessoas presentes.

Além do Presidente da Câmara, António Cabeleira, e do Vice-Presidente, Castanheira Penas, estiveram presentes os três técnicos superiores da autarquia responsáveis pela autoria dos respetivos projetos - Arranjo Urbanístico do Largo do Terreiro de Cavalaria, Paulo Roxo; Remodelação Funcional e Paisagística, Abel Peixoto e construção do Centro de Convívio, Luís Santos - que, após apresentação dos mesmos, puderam esclarecer todas as dúvidas dos munícipes presentes.

Esta intervenção irá incidir nas atuais ruas do Terreiro de Cavalaria, Rua dos Dragões e Avenida dos Aliados, numa área de 6.159,00 m², devendo ficar concluída no prazo de 5 meses.

Dotar o espaço de melhores condições de conforto e segurança para as deslocações a pé, com o alargamento de passeios e o reordenamento dos lugares de estacionamento; melhorar a sinalização rodoviária da via; e introduzir espécies arbóreas para complemento das já existentes, contribuído para uma mobilidade urbana mais sustentável, são os principais objetivos do projeto.

Mais especificamente no Largo do Terreiro de Cavalaria, o arranjo urbanístico irá incluir a implantação de um novo quiosque, no topo sul da praça, a construção de uma pérgula, conferindo ao espaço uma leitura arquitetónica patenteada nos seus primórdios, reparações pontuais no pavimento existente, que será mantido, e construção, no topo norte, de um equipamento social, destinado a um Centro de Convívio. Esta nova edificação será implantada no local onde atualmente se encontra o edifício que alberga o Posto de Turismo, o qual será deslocalizado para o Museu da Região Flaviense, na Praça de Camões.

Localizada na Área de Reabilitação Urbana do Centro Histórico de Chaves, esta obra faz parte do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) de Chaves, beneficiando de um investimento cofinanciado a 85% por fundos comunitários, no âmbito do Programa Operacional Regional Norte 2014-2020 (NORTE 2020), instrumento financeiro de apoio ao desenvolvimento regional do norte de Portugal, gerido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte e integrado no acordo de parceria PORTUGAL 2020.

logos

Bacalhau2 1 1024 2500
Bacalhau3 1 1024 2500