Igreja de raiz medieval, mas com vestígios testemunhando fases importantes da sua estrutura cronológica. Da construção medieval conservou a imponente torre, rasgada por duas sineiras por face, com molduras e frisos de interligação decorados com boleados, motivos vegetalista e em ziguezague, apresentando frontalmente portal românico, precedido por nártex, com arquivoltas e molduras decoradas, assentes em colunelos com capitéis esculpidos, e nas paredes frestas, siglas, mísulas antropomórficos, bem como fragmento de friso com enxaquetado integrado na parede sobre a porta travessa S.. As transformações ocorridas no séc. 16 são particularmente visíveis nos portais, o da fachada lateral esquerda mais rico do que o principal, e na abóbada estrelada da capela-mor. A estrutura da capela-mor e a colocação da imagem da padroeira na sua fachada posterior obedece a uma tipologia que toma como modelo a capela-mor da Sé Catedral de Braga e que se estende até à Galiza, com um notável exemplar na Igreja de Santa Maria de Pontevedra. A capela-mor é ainda percorrida interiormente por friso com inscrição e exteriormente na fachada posterior. No interior, destaca-se a Capela do Santíssimo, adossada à capela-mor pelo lado do Evangelho, e comunicando com a mesma, coberta por cúpula de pendentes com lanternim, e com teia em pau-preto com inscrição em metal. Os painéis de azulejos que ladeiam o vão desta capela, com alegorias às Virtudes, e o que encima o arco triunfal, com a Assunção da Virgem, são já rococós. O retábulo-mor é recente e reaproveita elementos de talha. Retábulo colateral da Epístola de um eixo, mas com mísulas a ladear o nicho central, dando a ideia a três e possuindo no ático aletas suportando fragmentos de cornija ornadas de enrolamentos, tudo dinamizando a sua estrutura. De referir ainda a pia baptismal, com taça monolítica decorada com motivos vegetalistas, o lavabo da sacristia, maneirista, com espaldar de duas penas, e o pequeno retábulo que encimava o arcaz da sacristia, em talha dourada, de transição, conciliando ainda elementos maneiristas com a estrutura de barroco nacional.

Fonte: SIPA - Sistema de Informação para o Património Arquitectónico























Georreferenciação - 41° 44.376’N - 7° 28.240’O

Diga-nos o que pensa

Clique aqui

 

X
Nome 
E-mail 
Comentário / Pergunta 


Queremos saber a sua opinião relativamente aos Serviços do Município para avaliar o seu grau de satisfação.

Contamos com a sua colaboração!

Responda aqui...



Hoje
n/a
min máx
   
Amanhã
n/a
min máx
   

Município de Chaves, Largo de Camões, 5400-150 Chaves | Tlf.: 276 340 500/1/2 | Fax: 276 327 724 | Email: municipio@chaves.pt

Produzido por PH Neutro - © 2014 Municpio de Chaves. Todos os direitos reservados.